Convidados

Foto: Maria Clara Flor

Mestre Shacon Viana
Filho da Yalorixá (Sacerdotisa do Ylê Oxossi Guangobira) e Rainha do Maracatu Nação Porto
Rico, Dona Elda Viana, Shacon esteve presente nas atividades religiosas e culturais da Nação
desde criança, aprendendo os cantos e os toques com os ogãs experientes, especialmente Mestre
Jaime e Mestre Peixe Frito.
Por volta 1995, Shacon já mestre, resgatou os atabaques para o maracatu, ampliou a quantidade
de batuqueiros, que nos anos 90 eram de aproximadamente 20 pessoas, para em 2011 chegar
em 180 batuqueiros. Mestre Shacon é compositor, produtor musical e cultural, ao longo de sua
carreira participou de dvd´s, especias de TV, realizou oficinas na Europa, Estados Unidos, no
Brasil em Porto Alegre, São Paulo, Brasília, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Santos,
Campinas e muitos outros lugares. Já trabalhou com Naná Vasconcelos, Maria Bethania, Rio
Maracatu e Renata Rosa. Shacon atualmente cursa especialização em Religião de matrizes africanas
na UNICAPE. O mestre desenvolve um trabalho com a comunidade do Pina, através do ponto de
cultura na Nação Porto Rico e divulga no Brasil e no mundo a cultura pernanbucana.

Foto: Rogério Sant’ana

Mestra Joana D’arc
Joana D’arc da Silva Cavalcante, nasceu no Recife – PE e cresceu no bairro do Pina, sobre as palafitas na comunidade do Bode. Neta da Yalorixá dona Maria de Quixaba, Sacerdotiza do Ylê Axé Oxum D’ym,  uma das mais antigas casas de santo do bairro do Pina, aonde morou desde criança até adolescência e sempre esteve presente nas atividades religiosas e culturais desenvolvidas.

Joana é a primeira e única mulher, a ser Mestre de uma Nação de maracatu de baque virado, a Nação Encanto do Pina. A  frente do batuque desde de 2009, ano em que foi campeã do carnaval no grupo 1. Na Nação do Maracatu Porto Rico exerce a função de Diretora de batuque, além de compor o baque sendo batuqueira e coordenadora da ala de Agbês. Joana também coordena o grupo de maracatu “Baque Mulher” composto somente por mulheres e e cantar no grupo de coco, Mazuca da Quixaba, que resgata e mantém a cultura dos cocos de terreiro dos mestres da Jurema Sagrada, herança forte da comunidade do Bode.

Batuqueiro Ivan da Silva

Ivan da Silva, mais conhecido como Ivanzinho, é brincante da Nação do Maracatu Porto Rico desde de criança.  Lá que aprendeu muito do que sabe, e que passa seu conhecimento à frente, sendo hoje responsável pelas oficinas com a turma de 04 a 15 anos. Participou de projetos sociais na comunidade do Pina, na Ilha de Deus, na cidade de São Lourenço e na Instituição Pinga Severina, em Recife, trabalhando a inclusão social através do ensino da percussão. Junto à Nação do Maracatu Porto Rico já representou a cultura pernambucana em mais de sete estados do país e no exterior e  participou da gravação de 02 CDs: Baque das Ondas e Noite do Dendê , além de sair, desde a infância, compondo o baque no Desfile das Agremiações do Carnaval Multicultural do Recife.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: